Entendas as principais mudanças no ENEM 2017

O Exame Nacional do Ensino Médio, mais conhecido como Enem, está no calendário de muitos jovens e adultos. A prova aplicada pelo MEC como pré seleção para o ensino superior trouxe mudanças significativas para o próximo exame. Saiba mais a seguir!

O que mudou no Enem 2017

A prova do Enem deste ano trouxe algumas novidades para os candidatos. Vale ficar ligado para não perder a avaliação por algum motivo bobo. São elas:

Provas em dois finais de semana

Antes elas eram realizadas no sábado e no domingo. Para ajudar a quem trabalha ela será em dois domingos, 5 e 12 de novembro. Também havia a questão dos alunos sabatistas que só começavam a prova as 19h que ficavam 5 horas confinados em uma sala esperando para realizar o exame. 

A redação agora é no primeiro dia 

A redação do Enem também modificou o dia da prova. Era sempre aplicado no segundo dia, mas os alunos sempre reclamavam do cansaço da prova. Buscando se ajustar aos pedidos dos estudantes mudou de dia. 

O Enem não vale mais como certificado do ensino médio

Para isso foi criado o Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja) com marcação online para diversas cidades. Ele sim vale como certificação, uma vez que a nota do Enem é focada em muitas coisas. 

O caderno de questões terá o nome do aluno

Mais uma medida de segurança visando prevenir fraudes. As recentes avaliações da segurança da prova mostram que pode ajudar bastante a evitar alunos trocando cadernos e deixando o exame ainda mais seguro e válido. 

Atendimento especial deve ser solicitado antes

Isso era feito no momento da prova até o ano passado. Hoje é preciso solicitar no ato de inscrição ao preencher o formulário. Quem não solicitou já perdeu o direito e não pode alterar seu cadastro. 

Isenção de inscrição apenas com numeração do NIS

O cadastro em programas do Governo é considerado a melhor forma de garantir que quem realmente merece ganhe a isenção da taxa.

Também muda a gratuidade para quem já pediu antes. Se não fez a prova no ano de 2017 e foi isento da taxa, não pode pedir a isenção de novo. Assim estimula o compromisso dos alunos com comparecer no teste. 

Como se inscrever no Enem 2018

Aprovado ou não ou ainda distante da faixa etária este ano, os concluintes do ensino médio e já formados há longa data podem fazer as Inscrições ENEM 2018. O processo seletivo é aberto sempre no segundo trimestre do ano e as provas seguem o roteiro de serem realizadas em novembro.

Quando as inscrições começarem o MEC divulga para a grande mídia. Mas é importante ficar ligado sempre para não perder o prazo (quase nunca prorrogado). A prova é anual e perder a inscrição significa esperar um ano para tentar de novo. 

A inscrição é gratuita para estudantes concluintes do ensino médio em escola pública e com pagamento de taxa para os demais. Os interessados da classificação de baixa renda podem tentar isenção em prazo pré estabelecido pela prova. 

Entendas as principais mudanças no ENEM 2017
O quanto este post foi útil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *